Anedotas

Apenas um desejo – Anedotas

Um homem caminhava pela praia de Cascais e tropeçou numa velha lâmpada. Pegou nela, esfregou-a e…um génio saltou lá de dentro, que disse:

” O.K! Libertaste-me da lâmpada, blá, blá, blá! Esquece aquela históriados 3 desejos! Tens direito a um desejo apenas e ponto final! ”

O homem disse:

“Eu sempre quis ir aos Açores, mas tenho um medo enorme de *voar…e no mar costumo ficar enjoado. Podes construir uma ponte até aos Açores, para eu poder ir de carro? ”

O génio riu muito e disse:
“Impossível. Pensa na logística do assunto. Como é que os pilares chegavam ao fundo do Oceano Atlântico? Pensa em quanto betão armado, em quanto aço, em quanta mão-de-obra… Não, de maneira nenhuma! Pensa noutro desejo.”

O homem compreendeu e tentou pensar num desejo realmente possível.

Fui casado e divorciado 4 vezes. As minhas mulheres disseram sempre que eu não me importava com elas e que era um insensível.

Então, é meu desejo compreender as mulheres; saber como se sentem por dentro e o que estão a pensar quando não falam connosco; saber porque estão a chorar… saber realmente o que querem quando não dizem nada…saber como fazê-las realmente felizes!”

O génio respondeu:
“Queres a merda da ponte com duas ou quatro faixas?”

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 The Mag Theme. Theme by MVP Themes, powered by Wordpress.

To Top