Eu aprendi a deixar a porta da minha vida sempre aberta; entra quem demonstra interesse e sai quem não se sente mais à vontade.

Relacionamentos

A porta da minha vida fica sempre aberta. E, assim, só permanece quem quer muito ficar.

Eu aprendi a deixar a porta da minha vida sempre aberta; entra quem demonstra interesse e sai quem não se sente mais à vontade.

Eu aprendi a deixar a porta da minha vida sempre aberta; entra quem demonstra interesse e sai quem não se sente mais à vontade.

Portanto, eu convivo com muitas idas e vindas; um entra e sai de pessoas que deixam saudade ou não deixam absolutamente nada.

Durante este processo eu acabei me esbarrando em pessoas que me fizeram pensar que ficariam para sempre, mas também fui surpreendido por outras que eu sequer notei a presença quando entraram, mas que permanecerão para sempre aqui comigo.

Quando resolvi deixar a porta aberta, percebi que é possível estar com a casa cheia e ainda se sentir sozinho. Mas também aprendi que quando uma pessoa chega para ficar, ela é capaz de pular a janela se a porta estiver trancada.

Jogar as chaves fora e deixar a minha vida escancarada não me impediu de conhecer pessoas que só chegavam para ficar por um dia, mas pelo menos me privou de ter que levá-las até a porta quando elas decidiam ir embora.

(Source: Neto Alves)

Faz Play Neste Vídeo


Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2015 The Mag Theme. Theme by MVP Themes, powered by Wordpress.

To Top